English English Italian Italian Portuguese Portuguese Spanish Spanish
Shadow

Rapaz é detido após se envolver em briga em via pública e agredir policial militar durante abordagem


1 de 1
Ocorrência foi registrada na Delegacia Participativa de Presidente Prudente — Foto: Heloise Hamada/G1

Ocorrência foi registrada na Delegacia Participativa de Presidente Prudente — Foto: Heloise Hamada/G1

Um rapaz de 24 anos foi detido após agredir um policial militar durante uma abordagem, em Presidente Prudente. A corporação foi ao local, no Jardim Vale do Sol, devido a uma briga entre várias pessoas na via pública e à denúncia de que alguém estaria armado, na madrugada deste domingo (18).

De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Participativa da Polícia Civil, a Polícia Militar foi acionada para atender a uma briga envolvendo diversas pessoas e que uma delas estaria com uma arma de fogo.

Equipes foram verificar a informação recebida por meio do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom). No local, os policiais seguiram para o procedimento de abordagem e revista pessoal.

Um dos envolvidos, “de forma alterada”, passou a dizer que não seria revistado.

Imediatamente, os militares tentaram revistar o suspeito. O homem se debatia e tentava se esquivar da abordagem, motivos pelos quais foi necessário o uso de força física por parte dos policiais, de acordo com BO.

Durante a ação, um dos militares, de 49 anos, foi atingido por um golpe na boca, porém não está certo se foi uma cabeçada ou um soco desferido pelo abordado.

O homem foi levado à Delegacia da Polícia Civil. Questionado na unidade, o indivíduo disse que ficou nervoso com os policiais pela abordagem “sem necessidade” e entrou em luta corporal com os militares, pois pensava em fugir do local.

O homem foi ouvido e liberado mediante a responsabilidade de comparecer em juízo quando convocado for.

Foi expedido requisição de exame junto ao Instituto Médico Legal (IML) para o militar agredido.

O fato, registrado como desobediência e lesão corporal, deve ser apurado pela Polícia Civil.

VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente

200 vídeos

Fonte: G1