English English Italian Italian Portuguese Portuguese Spanish Spanish
Shadow

Tag: Canadá

A batalha judicial contra a deportação do último nazista do Canadá

DIVERSITY
O passado nazista persegue Helmut Oberlander, de 97 anos, e também o Canadá. O país norte-americano combateu na Segunda Guerra Mundial o regime de Adolf Hitler e recebeu milhares de pessoas que sobreviveram à barbárie, mas também se transformou em refúgio de alguns carrascos e colaboradores nazistas. Oberlander é um deles; no momento, é o último vivo conhecido no país por sua longa batalha para evitar uma deportação. Embora nunca tenha sido formalmente acusado de um crime, ele é apontado pelas autoridades por sua participação num esquadrão da morte nazista que matou pelo menos 20.000 pessoas. Sete décadas depois, num processo tardio e errático da Justiça, a Comissão de Imigração e Refúgio canadense deve decidir agora sobre sua possível deportação depois da revogação de sua cidadania, em 20
Estudo confirma impacto da pandemia de covid-19 sobre a saúde mental

Estudo confirma impacto da pandemia de covid-19 sobre a saúde mental

DIVERSITY
A pandemia do novo coronavírus está erodindo a saúde mental de milhões de indivíduos. Confinamentos, angústias financeiras, distanciamento físico e social, medo do contágio, preocupação com familiares e amigos, incerteza; a lista de obstáculos cotidianos não é curta. Reportagens na imprensa, estudos acadêmicos e opiniões de especialistas apresentam um panorama desafiador. Há alguns dias, foi divulgado o que é até agora o trabalho de maior envergadura já feito sobre o tema. E suas conclusões confirmam a gravidade do assunto. “Nós nos Inspiramos em análises que fizemos anteriormente sobre o impacto dos surtos de ebola sobre a saúde mental de algumas comunidades africanas”, comenta Jude Mary Cénat, professor de psicologia clínica na Universidade de Ottawa e líder do grupo de especialistas res
Archie, os cachorros e o jardim protagonizam o primeiro cartão natalino do príncipe Harry e Meghan Markle

Archie, os cachorros e o jardim protagonizam o primeiro cartão natalino do príncipe Harry e Meghan Markle

DIVERSITY
O príncipe Harry da Inglaterra e Meghan Markle compartilharam sua primeira felicitação natalina como residentes dos Estados Unidos, e o protagonista não podia ser outro: seu filho Archie, de um ano e meio. Os duques de Sussex posam junto ao bebê e os dois cachorros da família (um beagle chamado Guy e um labrador negro, Pula) no quintal da sua nova casa na localidade de Montecito, na Califórnia, em uma parte do jardim onde uma calçada de pedras conduz até uma casinha com uma cadeira rústica na entrada. Tudo está enfeitado com toques natalinos como a flor poinsetia e uma árvore de Natal. “Desejamos a vocês um Natal muito feliz e um próspero ano novo”, diz o cartão, que usa como base uma foto tirada pela mãe de Markle, Doria Ragland, e que foi compartilhada por Mayhew, uma protetora de animai
A mentirosa compulsiva que mandou matar os pais após passar anos fingindo ser a filha perfeita

A mentirosa compulsiva que mandou matar os pais após passar anos fingindo ser a filha perfeita

DIVERSITY
Jennifer Pan.wikipediaMais informações Seus pais a controlavam em tudo. Exigiam que Jennifer Pan, uma canadense nascida em 1986 numa família de origem asiática, apresentasse sempre notas excelentes. Não podia fazer coisas normais para uma garota da sua idade: o único tempo em que não estava sob a supervisão direta dos pais era o que passava no colégio. O resto: aulas de piano, de flauta e de patinação artística. Seus pais tinham a esperança de que algum dia se tornasse atleta olímpica, algo que a ruptura do ligamento de um de seus joelhos impediu. As mentiras começaram já na escola, conta o site Medium. Nos boletins, muitas notas 10 na verdade eram resultados mais baixos, mas ela dava um jeito de falsificá-los. E, apesar dessas falsas boas notas, seus pais não baixavam a guarda: quando che
As conspirações do QAnon chegam ao Canadá

As conspirações do QAnon chegam ao Canadá

DIVERSITY
Cartaz do QAnon se destaca em uma manifestação contra o uso de máscaras, realizada em 12 de setembro em Montreal, Canadá.Graham Hughes / APA letra Q se tornou símbolo dos cartazes dos comícios de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos. Também aparece em adesivos, camisetas e bandeiras. Tanta parafernália reflete a popularidade do QAnon, um grupo que promove teorias da conspiração e que em breve poderá ter uma representante no Capitólio. O Canadá, vizinho do norte, navega em águas políticas diferentes, mais propensas à tolerância e ao consenso. No entanto, isso não foi o suficiente para evitar a chegada do QAnon em seu território. Nascido em outubro de 2017 em fóruns de Internet frequentados pela extrema direita norte-americana, o QAnon elevou muito o nível no que diz respeito a absurd
Reino Unido acusa Rússia de tentar furtar dados da vacina contra o coronavírus

Reino Unido acusa Rússia de tentar furtar dados da vacina contra o coronavírus

DIVERSITY
Dominic Raab, ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, chega a Downing Street, em 14 de julho de 2020.HANNAH MCKAY / ReutersO Governo de Boris Johnson lançou um amplo ataque contra a Rússia de Vladimir Putin nesta quinta-feira, com uma dupla acusação. O Reino Unido, os Estados Unidos e o Canadá emitiram um comunicado conjunto acusando espiões russos de tentar usurpar a propriedade intelectual dos laboratórios e universidades que trabalham no desenvolvimento de uma vacina contra o coronavírus. Downing Street, por sua vez, expressou sua certeza “quase absoluta” de que houve ingerência russa durante a campanha das eleições gerais de 2019. “É completamente inaceitável que os serviços de inteligência da Rússia tenham como alvo aqueles que tentam combater a pandemia de coronavírus. O Rei
Esplendor e ruína do Cirque du Soleil: crônica de uma queda em três meses

Esplendor e ruína do Cirque du Soleil: crônica de uma queda em três meses

DIVERSITY
Mais informações Em 8 de março deste ano, poucos dias antes da decretação das medidas de exceção na Espanha por causa do coronavírus, o comediante catalão Mateo Amieva estava voltando a Barcelona num voo procedente de Doha, onde havia atuado no espetáculo Messi 10, uma das produções mais recentes do Cirque du Soleil. Não sabia então que aquelas apresentações seriam as últimas em muito tempo. Uma semana depois, todos os teatros e tendas do planeta foram interditados pela pandemia e, paradoxalmente, a paralisação afetou com mais força a companhia, que, teoricamente, teria mais reservas para confrontá-la, como maior produtora de espetáculos do mundo, com um capital inimaginável para qualquer outra empresa do setor. Uma combinação de fatores passados e presentes se conjurou para desatar uma te
Johnson & Johnson anuncia que deixará de vender talco para bebês nos EUA e Canadá

Johnson & Johnson anuncia que deixará de vender talco para bebês nos EUA e Canadá

DIVERSITY
A Johnson & Johnson anunciou nesta terça-feira que deixará de vender seu talco para bebês nos Estados Unidos e Canadá. O gigante dos produtos de higiene e farmácia comunicou que a decisão se baseia na “reavaliação da carteira de produtos de consumo relacionada com a covid-19”. A J&J é ré em mais de 16.000 ações de consumidores que alegam que os talcos da empresa, principalmente o Baby Powder, lhes causaram câncer. A agência Reuters publicou no final de 2018 que a companhia sabia havia 40 anos que seus produtos continham uma pequena quantidade de amianto, uma substância cancerígena, algo que a J&J desmentiu em reiteradas ocasiões. Mais informações O conglomerado informou que o plano é reduzir nos próximos meses as vendas do produto, que representa aproximadamente 0,5% de seu fa
Donald Trump fecha indefinidamente a imigração por terra sob argumento de conter o coronavírus

Donald Trump fecha indefinidamente a imigração por terra sob argumento de conter o coronavírus

DIVERSITY
A fronteira sul dos Estados Unidos estará fechada oficialmente por prazo indeterminado a partir de quinta-feira para os milhares de solicitantes de asilo que se amontoam no norte do México. Trata-se do último passo em uma progressiva regulação que começou em 20 de março com o argumento de que não se podia garantir a saúde dos imigrantes em meio à pandemia da covid-19. A ordem de não admitir solicitantes de asilo foi prorrogada duas vezes, até que se tornou sine die, ou seja, sem data para acabar. A portaria assinada nesta terça-feira pelo diretor do Centro de Controle de Doenças (CDC), Robert Redfield, amplia indefinidamente o que já era na prática a política adotada pelos Estados Unidos em sua fronteira sul durante a pandemia. As ordens ditadas em março permitem expulsar imediatamente, s